quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Adiafa Filatelia



Martha V. de Peredo
Comissária da Bolívia



James Van der Lindem
Comissário da Bélgica

VÁ PROGRAMANDO A ESTADIA DE UNS DIAS EM LISBOA, DE 1 A 10 DE OUTUBRO DE 2010, TERÁ UMA CIDADE BONITA E ANTIGA PARA APRECIAR, UM CLIMA AMENO E A EXPOSIÇÃO DE FILATELIA, PORTUGAL 2010, A FESTA DA FILATELIA MUNDIAL PARA VISITAR!


 

SELO PERSONALIZADO / MAXIMAFILA


Na correspondência que me chegou há dias, recebi duas peças filatélicas vindas do mesmo amigo, João Pedro Pinheiro da Silva.
A imaginação vai sempre funcionando e encontrando coincidências interessantes, uma carta franquiada com um selo personalizado e um Postal Máximo de São Marino, como suporte, de selo homenageando Lollobrigida com a própria, obliterado com um carimbo da sua efígie.
O objectivo, não sendo falar da excelência do PM triplo não deixo de mencionar esse aspecto.



Postal máximo triplo: Postal de Gina Lollobrigida, selo e carimbo idem

Concretamente, a imaginação voou, para o facto de Pinheiro da Silva actualmente, sem dúvida, o maximafilista português, mais interventivo, também ter aderido ao Selo Personalizado.


O selo é a foto do próprio remetente

Este ainda não é admitido como “Classe” em exposições FIP, por motivos mais ou menos compreensivos.
No entanto, pelos novos rumos que a filatelia vai tomando, é perfeitamente crível que a posição seja alterada, portanto lutar não é por uma causa perdida.
Durante bastantes anos a Maximafilia, não foi aceite como “Classe”, porém depois de uma denodada luta de homens, como o Engenheiro António dos Santos Furtado, Portugal, Sílvio Taioli, Suíça, Valériu Neaga, Roménia, Coronel de La Ferté, França, etc. foi aceita.



Jantar de Palmarés da Primeira Exposição Nacional de Maximafilia:
À direita Coronel De Ferté, França e Engº. António dos Santos Furtado

Sabe-se como o novo estatuto da maximafilia, e uma luta persiste de António Furtado revolucionaram a filatelia em Portugal.
Tudo isto sugere que se continue a lutar em prol do SELO PERSONALIZADO seja aceite, pela estrutura máxima mundial da modalidade, nas competições que avaliza.
Não se vive da história do passado, mas esta deixa sempre lições a ponderar, na luta por uma renovação da filatelia.
Há que rentabilizar ao máximo a abertura ao mundo, de que a PORTUGAL 2010 virá a ser palco.
A filatelia comercial, entre a qual se devem incluir as entidades emissoras, será a principal interessada em participar, para que a comunidade filatélica se adapte à nova era da globalização tecnológica.


Fica de novo link da entrevista, que o Director da Filatelia, dos CTT Correios de Portugal me concedeu no âmbito da PORTUGAL 2010.


Daniel Costa


3 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa Tarde!
Gostei muito da postagem, Daniel querido!
O amigo recebeu "Postal de Gina Lollobrigida, selo e carimbo", meus parabéns!
Percebo que lutar não é mesmo por uma causa perdida.
Não sai mais nada por enquanto. Ainda estou meio às avessas (dormi na "banheira"), mas já aterrissei. 2 no POESIA desde ontem, Meu Anjo.
Beijos e abraços
Obrigada pela visita
Boa Quinta

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Gostei muito das novas cores e da foto!
Beijos,

xistosa - (josé torres) disse...

A grande e bela "Lollo" foi uma estrela que me guiou para ver todos os seus filmes.
É merecida a homenagem com um selo.