segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

filatelia

CARMEM MIRANDA

O Serviço FRANQUIA sabe, particularmente, que Carmem Miranda será homenageada filatelicamente, pelos Correios de Portugal no próximo 2009, ano do Centenário do seu nascimento.
Nascida em Portugal, fez a sua carreira artística a partir Brasil. Actuou em vários países Sul Americanos e nos próprios Estados Unidos da América.
No século passado a ECT do Brasil, já a homenageara com selos.
De facto a grande artista Maria do Carmo Miranda da Cunha, de seu nome próprio, nasceu na freguesia de Várzea de Ovelha, do Concelho de Marco de Canavezes, Trás-os-Montes, em Portugal, a 9 Fevereiro de 1909.
Curiosamente, Cármen, tratando-se de abreviatura familiar de Maria do Carmo, veio a ser adoptado como nome artístico.
Fica link com várias fotografias artísticas:

http://images.google.pt/images?q=Carmen+Miranda&hl=pt-PT&um=1&ie=UTF-8&sa=X&oi=i

FILATELIA 77

De Brasil chegou, via E-Email, do Informativo com a designação em título, de bastante informação, no que à filatelia diz respeito. Visto que vem num espaço vasto, acho por bem deixar também links.
Chamo a atenção, para as notícias de Portugal. Por outro lado, no segundo, à esquerda, há links com a informação e alguns selos existentes no mundo, pelos temas possíveis de a estudar filatelicamente.

http://www.filatelia77.com.br/informativo/

http://www.filatelia77.com.br/


DINAMARCA


Os Correios da Dinamarca, divulgaram já o programa dos seus STAMPS 2009, um plano completíssimo, como não acontece em Portugal, o Pais que dá exemplos de negativismo aos seus parceiros da Europa, até mesmo nisto de emissão de selos.
Pois, da Dinamarca chegaram já todas as datas de emissão e as próprias cópias dos selos impressas por datas.
Que os Governos de Portugal aprendam, qualquer coisa. Não só da criação de factos políticos vive o homem. Realizações concretas são precisas!
Há cerca de trinta anos, ando a escrever sobre este assunto, que dá bem conta de as empresas do Estado terem gestão medíocre.
Tais pais, tais filhos!...

LIBRARY BRITSH

A entidade, será uma das maiores referências filatélicas museológicas do mundo da filatelia. A LIBRARY BRITSH, que tem recebido doações de grandes coleccionadores, anunciou agora ter recebido a Johns Collection.
Ficou mais enriquecido o vasto acervo!...
O museu tem também, uma grandiosa secção de literatura filatélica, quiçá a maior do mundo.
Como curiosidade, anote-se que a primitiva revista FRANQUIA, que criei e dirigi, fará parte do museu, que a assinou e recebeu sempre.


FESTAS FELIZES!...

Daniel Costa



1 comentário:

Ricardo Valente disse...

Abraços e beijos para vc e Carmem Miranda!