sábado, 20 de fevereiro de 2010

Adiafa Filatelia

Tan chee Hui
Comissário da Malásia

Jhon A. Cardona
Comissário de Malta

VÁ PROGRAMANDO A ESTADIA DE UNS DIAS EM LISBOA, DE 1 A 10 DE OUTUBRO DE 2010, TERÁ UMA CIDADE BONITA E ANTIGA PARA APRECIAR, UM CLIMA AMENO E A EXPOSIÇÃO DE FILATELIA, PORTUGAL 2010, A FESTA DA FILATELIA MUNDIAL PARA VISITAR!
O MUNDO DA FILATELIA

Em NOTA DE ABERTURA do número 223 da FRANQUIA – Bolsa Jornal, de Maio/Junho de 2001, escrevi o seguinte: Há anos, creio que por ocasião dos tão proclamados acordos de Bicesse, augurava aqui um futuro risonho para a filatelia do Ex - Ultramar e sobretudo para a de Angola.
No entanto desses novos acordos o esquecimento e a venda, para o coleccionismo, dos selos daquele país da África Ocidental não avançou mais, até porque um Departamento criado em Lisboa com o fim de vender os selos novos das Ex - Colónias também deixou de existir.
Entretanto, voltamos a ter boas notícias, quanto à filatelia Angolana. É que a em 4 de Abril deste ano, reuniu em Madrid a Presidente do Conselho de Administração do Correio de Angola, Magdena de Lemos Neto, em representação daquele país e Albertino de Figueiredo, Presidente do Grupo Afinsa.
Foi decidida a emissão, a distribuição e a promoção dos selos angolanos, com prévio acordo entre as duas partes, quanto aos temas e às séries.
Em virtude da Afinsa ser já um dos maiores grupos do mundo da comercialização de selos, temos de prever bons auspícios, para a filatelia daquele Estado, que parece ter encontrado o caminho certo para ter um lugar compatível no mundo da filatelia.
(A crónica teve lugar a partir do comunicado vindo da própria Afinsa, acompanhado com a foto de ambos os Presidentes).

À ESPERA DE SER JULGADO

Do Correio da Manhã, de 07/02/2010, donde, com a devida vénia respingo a notícia, em sub – título:
A referência da comunidade portuguesa em Madrid, Albertino de Figueiredo, presidente da Afinsa, tinha a reputação de oferecer pelos selos três ou quatro vezes o que a generalidade das casas filatélicas pagava. Com essa generosidade para com os clientes, transformou a Afinsa na maior empresa filatélica do mundo, com lojas em 80 países, atraiu investidores que que confiavam na reputação da casa.
                                  
                                     
Numa das últimas entrevistas que deu, criticava as lojas que tentavam enganar as pessoas que tinham necessidade de vender os selos que coleccionavam ou herdavam. Em 2001 a Afinsa teve lucros de 54 milhões de euros. Em 2006 viu a sua actividade congelada por causa da investigação feita pelas autoridades espanholas. Hoje, Albertino de Figueiredo aguarda julgamento em prisão domiciliária.

SELOS PORTUGUESES NO ORIENTE

“Selos portugueses do Oriente” é a exposição que pode ser vista até 28 de Março, no Museu do Oriente, em Alcântara, com desenhos originais de Almada Negreiros, Manuel Lapa, João Abel Manta e Domingos Rebelo, entre outros. Nesta mostra, o visitante pode apreciar os selos que circularam no antigo Estado da Índia, em Timor e em Macau, na segunda metade do selo XX.
(da revista Lisboa Solidária – Janeiro 2010)
VER SEMPRE:De Filatelia 77, de São Paulo, Brasil

http://www.filatelia77.com.br/informativo/

Link da entrevista que o Director da Filatelia do CTT me concedeu em 27/10/2009.

http://sol.sapo.pt/blogs/mitalaia/archive/2009/10/28/FRANQUIA-_2D00_-Entrevista-com-o-Dr.-Raul-Moreira.aspx

Também publicado no JORNAL DA AMADORA, em 14/11/2009


OUTRO LINCK DE POST CONTENDO UMA CRITICA QUE ME É DIRIGIDA. ABRINDO ESTE, MAIS OUTRO LINK CONTIDO, O QUE O ORIGINOU APARECE.

http://sol.sapo.pt/blogs/mitalaia/archive/2009/11/17/SORRISO-DE-BENEVOL_CA00_NCIA.aspx

Daniel Costa

1 comentário:

xistosa - (josé torres) disse...

Eu também, se fosse vigarista, pagava juros como a D. Branca.
O pior é que um dia, mais ou menos longo, temos que acertar contas ...
É deste acertar que muitos se esquecem ...